Num período entre 1980 e 1983 , Raul Seixas compôs e gravou as bases de um LP que chamaria-se Nuit. Mas as gravadoras já "estavam vacinacas" contra ele e as reações vacilavam entre a pura indiferença e a humilhação frontal.

Mas o que é Nuit? "é um disco que trata das diferenças , do sentido todo do sentido todo do Yin/Yang , Apolo/Dionísio , Bem/Mal, Deus/Diabo , Homem/Mulher. Do Sol e da Lua. Das dualidades. "Nuit" é um nome de uma dinvidade egípcia. "Nuit" é a mulher total, o prenúncio de uma nova era. É o que eu chamo de Novo Aeon"

"Novo Aeon" é também o nome de um disco e de uma canção de Raul , mas é do significado do Novo Aeon que ele fala: "esse Novo Aeon é um novo momento, um novo conceito."

E Nuit , nesse processo, seria a mulher "sua mãe. Você veio de onde? Da mulher , não é? Ela joga você pra fora no papel de mãe e recolhe você novamente como esposa. É ela que faz tua vida. Ela é ao mesmo tempo uma só mulher e todas".

Não seria uma espécie de supremacia feminina, "mas existe o equilibrio.

A mulher é a noite e o homem é o dia. Mas a mulher, a sua supremacia. Como disse , ela te bota no mundo e depois te dá a felicidade. É ao mesmo tempo o plugue e a tomada".

Voltando ao disco "as letras que eu fiz Kika são muito boas, te garanto... têm uma relação em comum." Mas, como já foi dito, o prejeto não deu resultados e a obra foi lançada em fragmentos , nos trabalhos que viriam a seguir.

Krig-Ha Bandolo! - http://jayvaquer.rockin.net/raul/ - Todos os Direitos Reservados®