VIDA E OBRA DE JOHNNY MCCARTNEY , O DISCO DE RAUL SEM RAUL

Raulzito produziu em 1970/71 para o cantor e compositor Leno um disco visionário , que falava de reforma agrária e igualdade social.

Pergunte a qualquer Raulseixista ou estudioso do rock brasileiro qual o melhor ou o mais importante LP de Raul. É claro que os mais citados serão Krig-Ha Bandolo! , Gita , Novo Aeon , O dia em que a terra parou, Abre-te Sésamo ou o disco sem título que tem "O Carimbador Maluco". Só que, de uns anos pra cá, dois LPs com grande participação do roqueiro baiano têm sido reavaliados , ambos do início dos anos 70. Um dele é Sociedade da Grã-Ordem Kavernista , gravado ao lado de Edy Star, Sergio Sampaio e Míriam Batucada. O Outro é do cantor Leno, produzido por Raul: A vida e obra de Johnny McCartney; gravado de novembro de 70 a janeiro de 71, mas cujo lançamento teve de esperar até 1995.

Realmente , antes tarde do que mais tarde... Gileno de Azevedo conheceu fama nacional em 66, na dupla Leno e Lilian , que teve sucessos como "Pobre Menina" e "Devolva-Me". Em 1968 Leno se lançou como artista-solo , emplacando hits como "A Pobreza", "A Festa de seus 15 anos", e "Sha-la-la", esta última composta por Raul. Mas em 70/71, ele procurava fugir dos limitis do pop comercial da Jovem Guarda, como atesta Vida e Obra de Johnny McCartyney - por sinal, o primeiro disco brasileiro gravado em oito canais.

O título do disco é uma óbvia alusão aos beatles, que havim se separado oficialmente em abril de 70. Eles não são a única infuência: podemos ainda detectar o hard-rock do grupo inglês Free ("Porque Não"), Bob Dylan ("Sr.Emposto de renda") e rockabilly ("Não a Lei em Grilo City"). Além de Leno e Raul, os compositores desse disco incluem Marcos e Paulo Sérgio Valle ("Pobre Do Rei"), Arnaldo Brandão ("Peguei uma Apollo") e Ian Guest ("Contatos Urbanos").

A faixa "Sentado no Arco-Íris" traz a primeira letra politizada que Raul fez. "Eu me lembro dele dizendo que se orgulhava daquela letra", recorda o Leno. "Os versos falavam de reforma agrária, antecipavam até a existencia do Movimento dos Sem-Terra". Aliás, o disco todo é importante na carreira de Raul: "foi com Johnny McCartney qye ele fez a transição de Raulzito para Raul Seixas, assinou a produção cini 'Raulzito Seixas'. Usou o LP como caldeirão de experiências". Temos ainda outra raízes do que se tornaria Raul. A melodia de "Convite Para Ângela" seria reaproveitada em "Sapato 36" , o mesmo acorrendo com "Sheila" , sucesso de Renato e Seus BLue Caps, inspirada em "Bis".

Uma frase desta última , "bisa comigo", pode ter sido um dos motivos que levaram a censura a vetar metade das faixas do disco. Outra foram consideradas anti-comerciais e protanto inviáveis pela gravadora. Tudo que sobrou foram quatro faixas, johnny mccartney, peguei uma apollo , lady baby e convite para Ãngela" , lançadas num compacto duplo. Saindo da CBS em fins dos ano 70, Leno foi informado de que as fitas originais do LP haviam sido apagadas - só que em 94 o jornalista e pesquisador Marcelo Fróes descobriu algo bem diferente. Ao examinar os arquivos da gravadora , deparou-se com duas fitas de rolo em cujas embalagens , uma vez removida a poeira , pôde ler o nome do artista e os títulos das faixas das quais Marcelo nunca tinha ouvido falar. As fitas foram então remixa das digitalmente e o disco lançado em CD pelo próprio Leno em seu selo, o Natal Records.

Leno , que hoje trabalha em seu selo , tem justo orgulho desse disco até hoje. "Eu queria fazer rock , uma coisa a mais contestadora, queria desabafar." Leno fazesse relançamento em pequena escala , nem chegou a mandar cópias para ás radios. "Na Época o disco foi censurada pela ditadura militar e quando consegui lançá-lo, foi cencurado pela ditadura do iabá. A programaçãodas rádios está mais burra que há trinta anos, há liberdade política , mais existe censura na mídia. Sei que se aul estivesse vivo haveria de concordar." Em função disso, a vida e obra de johnny mccartney segue sendo um disco praticamente inédito.

Krig-Ha Bandolo! - http://jayvaquer.rockin.net/raul/ - Todos os Direitos Reservados®